Duelo entre Portugal e Espanha no Europeu vai começar

Nesta sexta-feira, nas meias-finais do torneio masculino e feminino do EPA European Championships, haverá quatro confrontos ibéricos.

Vasco Pascoal e Miguel Oliveira apuraram-se para a meia-final do torneio de duplas
Foto
Vasco Pascoal e Miguel Oliveira apuraram-se para a meia-final do torneio de duplas DR

Ao fim de cinco dias de prova e com várias dezenas de partidas realizadas no Lisboa Racket Centre, a “verdadeira” competição no EPA European Championships começa nesta sexta-feira, véspera do dia de encerramento do torneio. Com a França e a Itália em Roma, onde estão a jogar o Europeu organizado pela Federação internacional de Padel (FIP), os jogadores de Portugal e Espanha têm dominado em absoluto o evento e nesta sexta-feira, nas meias-finais do torneio de duplas, haverá um duplo confronto luso-espanhol em masculinos e em femininos.

Com sete pares portugueses em competição nos quartos-de-final do torneio de duplas, no quadro masculino havia um confronto 100% português, mas como se previa o duelo não foi equilibrado. Apesar de ser o português melhor no ranking da Federação Portuguesa de Papel (FPP), Diogo Rocha, que nos circuitos nacionais habitualmente faz dupla com o espanhol António Luque, chegou ao Europeu sem par e, por decisão da FPP, acabou por jogar com Sebastião Mendonça, que tem características semelhantes: jogador de controlo que alinha na direita.

Resultado? Sem rotinas entre os dois e com Diogo Rocha a jogar fora da sua posição habitual (ocupou o lado esquerdo), Miguel Oliveira e Vasco Pascoal não tiveram dificuldades em vencer, garantindo o apuramento para as meias-finais com um duplo 6-1.

Nos restantes jogos dos “quartos”, a desistência por lesão de uma das duplas favoritas (Alejandro Ruiz e Martín Piñeiro) garantiu a qualificação a Ricardo Martins e Francisco Neves, enquanto Diogo Schaefer e João Bastos não conseguiram impedir o apuramento de um par que ocupa o top-50 do World Padel Tour (WPT): Álvaro Cepero Rodríguez e Javier Gómez ganharam por 6-3 e 6-3.

No único jogo sem portugueses, a dupla n.º 1 do torneio teve uma vitória tranquila. Contra os suecos Carl Knutsson e Simon Vasquez, os espanhóis Uriel Botello e Ruiz González venceram com os parciais de 6-0 e 6-2.

Com estes resultados, o emparelhamento das meias-finais ditou um duplo confronto ibérico: Uriel Botello/Ruiz González contra Miguel Oliveira/Vasco Pascoal; Álvaro Cepero Rodríguez/Javier Gómez frente a frente com Ricardo Martins/Francisco Neves.

Ainda na competição masculina, realizaram-se nesta quinta-feira os quartos-de-final do torneio de selecções e Portugal voltou a qualificar-se sem perder qualquer set: vitória nos três jogos contra a Polónia, com os parciais de 6-1 e 6-0; 6-0 e 6-2; 6-1 e 6-2. Nas meias-finais, o rival da selecção portuguesa será o vencedor do confronto entre a Suécia e a Dinamarca.

No quadro feminino, com a selecção portuguesa já apurada para as meias-finais, houve três duplas nacionais em competição no torneio de duplas e apenas uma ficou pelo caminho: contra uma dupla top-20 do WPT (Beatríz González e Villalba Sánchez), Kátia Rodrigues e Diana Silva ainda ofereceram réplica no primeiro set (6-7), mas foram afastadas com 0-6 no parcial seguinte.

O apuramento de Sofia Araújo e Ana Catarina Nogueira foi simples (6-1 e 6-0) contra uma dupla sueca, mas Patrícia Ribeiro e Margarida Fernandes precisaram de três sets (5-7, 6-1 e 6-4) para afastarem uma dupla belga que contou com Helena Wyckaert, n.º 55 do WPT.

Competição masculina de duplas

Quartos-de-final
Diogo Rocha/Sebastião Mendonça-Miguel Oliveira/Vasco Pascoal, 1-6 e 1-6
Álvaro Cepero Rodríguez/Javier Gómez-Diogo Schaefer/João Bastos, 6-3 e 6-3
Ricardo Martins/Francisco Neves-Ruiz Granados/Martín Piñeiro, desistência
Uriel Botello/Ruiz González-Carl Knutsson/Simon Vasquez, 6-0 e 6-2

Meias-finais
Uriel Botello/Ruiz González- Miguel Oliveira/Vasco Pascoal
Álvaro Cepero Rodríguez/Javier Gómez-Ricardo Martins/Francisco Neves

Competição feminina de duplas

Quartos-de-final
Paula Josemaría/Navarro Bjork-Sofia Arvidsson/Asa Eriksson, 6-0 e 6-0
Patrícia Ribeiro/Margarida Fernandes-Laura Bernard/Helena Wyckaert, 5-7, 6-1 e 6-4
Sofia Araújo/Ana Catarina Nogueira-Baharak Soleymani/Antonette Andersson, 6-1 e 6-0
Kátia Rodrigues/Diana Silva-Beatríz González Fernández/Villalba Sánchez, 6-7 e 0-6

Meias-finais
Beatríz González Fernández/Villalba Sánchez-Sofia Araújo/Ana Catarina Nogueira
Paula Josemaría/Navarro Bjork-Patrícia Ribeiro/Margarida Fernandes

Sugerir correcção