Torne-se perito Editorial

O que queremos com o PÚBLICO na Escola

O PÚBLICO na Escola é um desafio, uma responsabilidade cívica e uma oportunidade. Estamos muito orgulhosos com o seu regresso e convidamos os leitores e toda a comunidade educativa a partilhá-lo intensamente.

Durante os primeiros 23 anos da sua existência, o PÚBLICO manteve uma intensa relação com a comunidade escolar através do projecto PÚBLICO na Escola. Fizemos centenas de visitas a salas de aula, turmas de diferentes lugares vieram até às nossas redacções do Porto e de Lisboa, promoveram-se acções de formação de professores sobre jornalismo e, entre muitas outras actividades, organizaram-se anualmente concursos de jornais escolares que mobilizaram milhares de alunos de diferentes idades e proveniências geográficas.

Após estes anos de hiato, o PÚBLICO recupera esse projecto, numa parceria com o Ministério da Educação e a Edulog, um centro de reflexão sobre a educação da Fundação Belmiro de Azevedo. Porque, hoje, neste tempo de notícias falsas e de campanhas de desinformação, é fundamental promover a literacia mediática junto dos mais novos.

A natureza deste projecto de responsabilidade social vai assim muito para lá da necessidade de as empresas jornalísticas formarem novos públicos. Como várias personalidades da nossa vida pública têm referido, com destaque para o Presidente da República, ler jornais e ter acesso a informação credível e transversal sobre as diferentes áreas da vida do país é uma condição básica para o exercício da cidadania democrática.

Uma opinião pública esclarecida sustenta uma sociedade mais forte, mais independente, mais exigente e mais aberta às possibilidades do presente e do futuro. Leitores capazes de distinguir as opiniões dos factos, de reconhecer a informação certificada por fontes e cimentada pela deontologia e pela protecção da lei são mais conscientes dos seus direitos e dos seus deveres. Jovens com hábitos de leitura de jornais abertos à pluralidade de visões do país e do mundo como as que PÚBLICO consagra dão origem a uma sociedade mais tolerante às diferenças, mais disposta ao compromisso, mais sensível ao respeito pelas minorias.

O PÚBLICO na Escola tem essa missão de criar pontes para os mais jovens poderem ler de forma aberta o mundo. Queremos que o façam de forma crítica, sabendo que se uma notícia de jornal não é o mesmo que um rumor numa rede social, nem por isso dispensa a inteligência na análise nem a dúvida na interpretação. Queremos que as nossas notícias ou reportagens se transformem em materiais pedagógicos, fornecendo aos professores e aos pais recursos para trabalharem na sala de aula ou discutirem em casa. Queremos que os jovens reforcem o seu sentido de pertença à comunidade e façam eles próprios os seus jornais escolares.

O PÚBLICO na Escola é um desafio, uma responsabilidade cívica e uma oportunidade. Estamos muito orgulhosos com o seu regresso e convidamos os leitores e toda a comunidade educativa a partilhá-lo intensamente.

Sugerir correcção