Só daqui a 107 anos haverá igualdade entre homens e mulheres na política na Europa

Nos últimos dez anos, e apesar de haver quotas em vários países da UE, o aumento de representação feminina na política aumentou lentamente. Em Portugal, as mulheres já são mais de um terço na Assembleia da República e no Parlamento Europeu, mas são apenas 10% dos presidentes de câmara.

Foto
Nunca houve tantas mulheres no parlamento português, onde três são líderes de bancada Rui Gaudencio

As mulheres representam metade da humanidade, mas representam apenas 1/3 dos tomadores de decisão políticos na Europa e cerca de 15% dos chefes de governo local. Assim começa o estudo Mulheres na Política – tendências locais e europeias, revelado esta terça-feira pelo Conselho Europeu dos Municípios e Regiões (CEMR)Apesar de muitos países europeus terem quotas de género na política, o crescimento da representação feminina nos vários níveis de poder evoluiu timidamente na última década. “A este ritmo, vão ser precisos 107 anos para acabar com a diferença de género na UE”, afirmam os autores.

Sugerir correcção
Ler 10 comentários