P3

Outras Modalidades

De cortiça ou com um “design sóbrio”, as raquetes portuguesas de padel apostam na qualidade

Nicolau Silva trocou o fabrico de próteses dentárias pelas raquetes de padel em cortiça — e assim nasceu a Cork. E Pedro Brito e Cunha sonhou com raquetes “muito bem desenhadas” — eis a Volt. As duas marcas acompanham o boom do padel em Portugal: desde o início de 2016, o número de jogadores federados subiu 313%.