Opinião

Entre no mundo dos sorvetes simples, sublimes e caseiros – sem levantar uma palha ou trocar uma nota

Fazer este sorvete é ter acesso a um sopro de liberdade e de prazer.

Foto
Enric Vives-Rubio

Se já lhe pesa o fado do Inverno e a falta de fruta – sobretudo até chegarem as primeiras laranjas de Tavira – faça como eu e faça de conta que ainda é Verão.