Opinião

Os raspanetes do juiz Ivo Rosa

Espero que a sabatina do juiz Ivo Rosa tenha tido ao menos o mérito de mostrar que os advogados de defesa, sobretudo em casos desta importância, são os primeiros interessados na manipulação da opinião pública.

Parece que numa das últimas sessões dos interrogatórios da Operação Marquês, o juiz Ivo Rosa decidiu assumir as vestes de mestre-escola para ameaçar a vintena de advogados presentes na sala com o confisco dos telemóveis, por suspeita de estarem a passar informações aos jornalistas em tempo real. Este episódio é triplamente exemplar, e independentemente de o juiz estar ou não a extrapolar os seus poderes e a abusar da sua função, ele devia ao menos servir para abrir a cabeça de toda a gente em relação a três factos que são bastante óbvios, e que já vai sendo hora de se tornarem absolutamente consensuais.