Destruídos 405 ninhos de vespa-asiática desde o início do ano em Baião

Número de ninhos destruídos é o dobro do registado pelas duas corporações de bombeiros do concelho em 2018.

Foto
Adriano Miranda / ARQUIVO

As duas corporações de bombeiros do concelho de Baião destruíram 405 ninhos de vespa-asiática desde o início do ano, cerca do dobro do que ocorreu em 2018, informou esta quarta-feira a autarquia.

Segundo a câmara, as corporações de Baião e de Santa Marinha do Zêzere actuaram em todo o concelho, no âmbito de uma parceria estabelecida com o município no início do ano.

“As operações são realizadas por pessoal capacitado e protegido para o efeito, com equipamentos de protecção, sendo asseguradas todas as medidas de segurança necessárias para evitar colocar em risco as populações”, lê-se num comunicado enviado à Lusa.

No contexto do acordo entre a câmara e os bombeiros, compete ao município gerir as indicações dadas pelos municípios sobre a presença dos ninhos daquele insecto, encaminhando-as para as duas corporações, consoante a área geográfica.

Citado no comunicado da autarquia, o presidente Paulo Pereira agradece a rapidez e eficiência dos dois corpos de voluntários, destacando a sua importância para a resolução do problema que afecta aquele concelho do interior do distrito do Porto.