Psicologia

O “chefe ideal” dos portugueses é mais “compreensivo” do que competente

Sentir que se é olhado “como uma pessoa integral, com circunstâncias de vida que são tidas em consideração e há relativamente a elas uma grande empatia” é uma das características mais importantes para os portugueses.