Entrevista

Comer em família “nem sempre é uma experiência agradável”, alertam especialistas norte-americanas

Decidir a ementa, ir ao supermercado, preparar o jantar e agradar a “gregos e a troianos”: três investigadoras explicam a luta das mães para fazer tudo certo à mesa.

Foto
Durante quatro anos, Sarah Bowen, Josyn Brenton e Sinikka Elliott analisaram os hábitos alimentares de 9 famílias. Francisco Romão Pereira

Cozinhar para a família é um prazer ou um momento de stress? Entre decidir o que comer, cozinhar um prato que agrade a todos e fazer as escolhas mais saudáveis, as mães dividem-se e multiplicam-se para pôr todos os dias comida na mesa. Sarah Bowen, Joslyn Brenton e Sinikka Elliott investigaram, durante quatros anos, os hábitos de jantar das famílias norte-americanas e partilharam os resultados no livro Pressure Cooker, lançado no inicio deste ano nos Estados Unidos.