Shopping Brasília aposta numa nova imagem

Foi o primeiro shopping da Península Ibérica e deu a conhecer ao Porto as escadas rolantes. O Brasília vai agora ganhar uma nova vida. Espera-se que esteja pronto no início de 2021.

Foto
Osvaldo Costa

No ano em que comemora 43 anos de vida, o Brasília, primeiro shopping da Península Ibérica, apresenta uma “nova imagem, conceito e posicionamento”. Aquele que funcionou como um marco importante na história do comércio no Porto quer agora, com o lema “Faz Parte”, fazer com que as pessoas voltem a participar activamente no centro comercial.

O objectivo é “ver nascer um novo Brasília” já que a inevitável massificação do comércio fez com que o shopping fosse perdendo clientela. Depois de várias iniciativas de tentativa de revitalização, que “infelizmente nunca deram em nada”, Luís Pinho, administrador do condomínio do shopping, acredita que este projecto que já está aprovado funciona como um “pontapé de saída para a nova vida do Brasília”.

A primeira grande mudança é que agora passa apenas a chamar-se “Brasília”, aliás como sempre foi carinhosamente chamado, desaparecendo o nome “shopping center”. Acompanhado de uma nova imagem, “mais atractiva e actual”, mas respeitando a paleta de cores originais, irá transformar-se numa galeria comercial.

Entre várias iniciativas, uma das mais importantes é a de que se pretende estender a “lojas não-massificadas”, como lojas de produtos biológicos, de arte e de zero waste; e ainda se quer implementar chocolatarias, garrafeiras e lojas de serviços personalizados.

PÚBLICO -
Foto
Osvaldo Costa

Voltar a dar vida ao espaço e chegar ao maior número de pessoas: todas as acções são nesse sentido. Uma das estratégias passa por uma parceria com a Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto e a Escola Superior de Artes e Design. Esta consiste num concurso destinado aos alunos dessas instituições para apresentarem propostas de requalificação para o espaço. Isto porque “os mais jovens são o futuro e é também essa faixa etária que queremos ter no espaço”, adiantou ao PÚBLICO Luís Pinho.

As propostas vão incidir sobre as melhorias no centro comercial ao nível de iluminação, remodelação de WC, reorganização do espaço, novas áreas comuns e, entre outras potencialidades, um novo website com portal de apoio à compra e venda de imóveis para proprietários. 

Esta iniciativa com os alunos vai decorrer no ano lectivo 2019/2020 e o participante vencedor, para além da sua ideia implementada no shopping, irá receber um prémio no valor de 4500 euros.

Acredita-se que o conjunto de ideias para este espaço irá conseguir “colocar o shopping na moda e de paragem obrigatória a todos”, já que liga grandes “artérias” da cidade do Porto: a Avenida da Boavista, a Praça Mouzinho de Albuquerque e a Rua de Júlio Dinis.

O Brasília vai estar pronto no início de 2021 e espera-se que acompanhe a “revitalização natural da área da Boavista”, que foi aumentando o seu fluxo de circulação e consumo. “É um espaço privilegiado com um potencial enorme e o que se pretende é torná-lo de novo atraente”, referiu Luís Pinho.

Texto editado por Ana Fernandes