Um morto e quatro desaparecidos em temporal na Catalunha. Mais de 24 mil famílias sem luz

O temporal afecta sobretudo a região da Catalunha, onde se registou uma vítima mortal. Há também chuvas fortes e inundações no Sul de França.

Fotogaleria
LUSA/JOSEP LLUIS SELLART
Fotogaleria
LUSA/JOSEP LLUIS SELLART
Fotogaleria
LUSA/JOSEP LLUIS SELLART
Fotogaleria
LUSA/JOSEP LLUIS SELLART
Fotogaleria
Um homem de 70 anos desapareceu quando tentava mover o seu carro e foi encontrado morto numa praia LUSA/JOSEP LLUIS SELLART
Carro
Fotogaleria
Reuters/SERGI OJEDA
Fotogaleria
Reuters/ALBERT GEA
Carro
Fotogaleria
Reuters/ALBERT GEA
Carro
Fotogaleria
Reuters/ALBERT GEA
Fotogaleria
LUSA/JOSEP LLUIS SELLART

As chuvas fortes registadas na madrugada desta quarta-feira na região da Catalunha, em Espanha, causaram um morto e quatro desaparecidos, escreve o jornal La Vanguardia. O presidente do governo autonómico da Catalunha, Quim Torra, pediu “muita cautela” e desloca-se na manhã desta quarta-feira às zonas afectadas pelas chuvas intensas. Segundo a Protecção Civil espanhola, o temporal fez com que mais de 24 mil clientes do serviço de electricidade ficassem sem luz em localidades em torno de Barcelona, Tarragona e Girona. Há ainda várias estradas cortadas.

Dois dos desaparecidos são uma mãe e um filho que estavam num bungalow no município de Vilaverd; estão a ser procurados desde terça-feira à noite. Há ainda duas outras pessoas desaparecidas em Espluga de Francolí, refere o El País

A polícia catalã Mossos d'Esquadra confirmou que o cadáver encontrado na praia de Caldes d'Estrac corresponde a um homem de 75 anos que tinha desaparecido na zona de Arenys de Munt. Segundo o autarca da região, o homem terá tentado mover o seu carro quando foi arrastado pela água das chuvas.

Quim Torra pediu ainda que a população seguisse todas as indicações da Protecção Civil e disse estar solidário com todas as vítimas. As previsões meteorológicas indicam que o temporal deverá acalmar nas próximas horas.

A chuva torrencial está também a atingir o Sul de França, causando inundações. O serviço meteorológico francês Météo-France diz que a tempestade deverá manter-se até quinta-feira.