Vincent Delieuvin

“Leonardo consegue dar à matéria da pintura uma vibração impressionante, perturbadora”

Vincent Delieuvin é o co-comissário da grande exposição dedicada a Leonardo da Vinci que o Louvre inaugura esta quinta-feira. Uma retrospectiva destinada a mostrar até que ponto este mestre do Renascimento era um homem extraordinariamente livre que tudo o que sempre quis foi compreender o mundo para ser o melhor dos pintores.

,A Virgem e o Menino com Santa Ana
Foto
Vincent Delieuvin é conservador de pintura italiana do Museu do Louvre, o mais visitado do mundo Charles Platiau/Reuters

Vincent Delieuvin, conservador do Louvre responsável pela pintura italiana do século XVI, é também comissário da ambiciosa exposição com que o museu francês marca os 500 anos da morte de Leonardo da Vinci. Com o outro comissário, Louis Frank, do departamento de artes gráficas, Delieuvin e a equipa do museu reuniram nove pinturas autógrafas e dezenas de desenhos do mestre toscano, um dos mais importantes artistas do Renascimento, bem como obras de artistas seus contemporâneos.