,NBA
Fotogaleria
Reuters/Anne-Marie Sorvin
,NBA
Fotogaleria
Reuters/Kirby Lee
Fotogaleria
Reuters/USA Today Sports
,Prêmio de Jogador Mais Valioso da NBA
Fotogaleria
Reuters/Benny Sieu
Joel Embiid
Fotogaleria
Reuters/Kyle Terada

A lei da paridade chegou à NBA

A nova temporada da NBA arranca sem um claro favorito. A força gravitacional da Liga mudou-se para Los Angeles, as super-equipas desfizeram-se em várias duplas de elite e acentuou-se a mudança geracional em curso, com a chegada de um nome que promete marcar uma era: Zion Williamson.

Pela primeira vez desde que Michael Jordan fez um hiato na sua carreira para experimentar outro desporto, o beisebol, em 1993, a Liga profissional de basquetebol norte-americano (NBA) arranca sem uma equipa destacada nas apostas de campeão. Desde então, Chicago Bulls, San Antonio Spurs, Los Angeles Lakers, Miami Heat e Golden State Warriors assumiram, de forma alternada ou sucessiva, o favoritismo logo no primeiro dia da época (contrariado no decorrer da competição apenas por fenómenos como os Detroit Pistons, em 2004, os Boston Celtics, em 2008, os Dallas Mavericks, em 2011, os Cleveland Cavaliers, em 2016, ou os actuais campeões Toronto Raptors).