Metade dos Jardins do Mondego está nas mãos de fundo de investimento irlandês

Câmara de Coimbra tem mais um mês para desbloquear empreendimento embargado em 2005. Depois é preciso que surja um comprador. A história dos prédios inacabados tem de mais 20 anos e cruza sector imobiliário, autarquia, corrupção e futebol.

Foto
PAULO RICCA / PUBLICO

Quando, a 8 de Novembro de 1999, a Câmara Municipal de Coimbra emitiu o alvará de loteamento do empreendimento que ficou conhecido por Jardins do Mondego, estava longe de se imaginar que, 20 anos depois, a construção estivesse ainda por concluir. <_o3a_p>