Opinião

Mais dívida pública poderá não ser mau!

Tudo indica que o Governo português continuará a ter uma posição conservadora nesta matéria no que constitui, literalmente, devido às taxas de juro reais negativas, um caso de desperdício de dinheiros públicos.

Em Janeiro de 2019, Olivier Blanchard, professor no MIT e antigo economista chefe do FMI, no “Discurso Presidencial” da mais importante conferência académica de economia dos EUA (da American Economic Association) abordou o tema “Dívida Pública e Baixas Taxas de Juro”. A apresentação é muito pertinente e dificilmente se poderia conceber um timing mais oportuno para a mesma.