O mundo sustentável está de volta a Marvila no Organii Ecomarket

Palestras, showcookings, um espaço de beleza e um planetário insuflável vão animar o fim-de-semana do mercado lisboeta. São esperadas 16 mil pessoas.

Fotogaleria
Aprender a fazer pão artesanal e kombucha são algumas das propostas dos showcookings a acontecer em permanência na 4.ª edição do Ecomarket DR
Fotogaleria
Cátia e Rita Curica fundaram a Organii, loja de cosmética biológica, em 2009. Em 2016, nasceu o Ecomarket Rui Gaudêncio /Arquivo

O Organii Ecomarket está de volta a Marvila, em Lisboa, no próximo fim-de-semana, 26 e 27 de Outubro, num evento para toda a família, que quer inspirar uma vida mais sustentável e um consumo consciente. Ao todo serão 18 palestras, 14 showcookings, além de um planetário insuflável e um espaço dedicado à beleza, tudo preparado pelas empresárias e fundadoras da Organii, Rita e Cátia Curica.

Tudo começou há quatro anos quando as irmãs Curica decidiram celebrar o aniversário da Organii, a loja de cosmética biológica, com um pequeno mercado de várias marcas representadas no seu espaço. Nesse primeiro ano, 2016, receberam, num só dia no LxFactory, dez mil pessoas, recordam ao PÚBLICO. O ano passado, o evento mudou-se para o Armazém 16 em Marvila e acolheu 16 mil pessoas. Este ano, esperam manter o mesmo número. “Nós temos pessoas que passam lá os dois dias”, revela Rita Curica.

“O forte do mercado é a experiência. É exactamente o ambiente de partilha que diferencia o Ecomarket de qualquer outro evento. Mais do que aquilo que se possa adquirir no mercado, é aquilo que ele nos enriquece, a aprendizagem”, acredita Rita Curica.

No sábado, por exemplo, vão-se discutir os desafios e oportunidades de um negócio sustentável, numa mesa redonda com Lia Fernandes (Trinca), Sofia Catarino (Pegada Verde), Sofia Fonseca (Eco Life Experience), Adriana Mano (Zouri) e moderação de Joana Guerra Tadeu. No espaço de showcookings, a nutricionista Iara Rodrigues vai ensinar receitas de muffins salgados e doces para levar; e Vânia Ribeiro, do blogue Made by Choices, vai mostrar receitas veganas com espirulina.

No domingo, Rita Curica destaca os showcookings que vão ensinar a fazer kombucha (uma bebida fermentada à base da chá) com a BanAna’s Kitchen e pão de fermentação natural, pela Quinoa Padaria Biológica.

Uma ‘eco-revolução’

Além das actividades, o mercado conta com 96 marcas sustentáveis, que pretendem alertar para “um consumo mais sustentável”, garante Rita Curica. “Todos juntos conseguimos passar muito melhor a mensagem, atrair muito mais pessoas e cativá-las para esta ‘eco-revolução’. São empresas que partilham exactamente os nossos valores, aquilo que nós acreditamos”, acrescenta a co-fundadora da Organii.

PÚBLICO -
DR
PÚBLICO -
DR
Fotogaleria
DR

A grande novidade deste ano é um espaço dedicado à beleza na loja pop-up da Organii. No sábado, dia 26, Ricardo Spencer, engenheiro da Unii (a marca de cosméticos de Cátia e Rita Curica) vai falar sobre óleos essenciais. Já no domingo, é a vez de Cátia Curica, farmacêutica de formação, explorar o tema do antienvelhecimento.

Também estão reservadas actividades para os mais pequenos como o Planetário Insuflável, que pretende alertar para o fim da economia linear e a sua substituição por conceitos de Reutilização, Restauração e Renovação.

Mais do que proporcionar um fim-de-semana agradável, Cátia e Rita Curica querem passar uma mensagem. “O que queremos é empoderar as pessoas. Todos temos um papel activo e cada decisão que tomamos tem impacto. Não acredito que uma pessoa que vá ao Ecomarket não saia dali inspirada e com imensas ideias para pôr em prática no dia-a-dia”, defende Rita Curica.

Com isso em mente, a empresária revela que, ao longo do ano, vão acontecer algumas acções associadas ao Ecomarket, como eventos mais pequenos. Para já, o mercado e estas actividades vão restringir-se a Lisboa.

O valor da entrada para o Organii Ecomarket é 2,50 euros. É possível adquirir online a entrada para os dois dias, por dez euros, que inclui um goodie bag, com produtos num valor superior ao pago pela entrada.

Texto editado por Bárbara Wong