André Jordan (Daniel Rocha)
Pré-publicação

O encontro com Salazar

O empresário luso-brasileiro André Jordan, um dos principais impulsionadores de projectos de imobiliário e de turismo de luxo em Portugal, lança esta quarta-feira um livro de memórias, Uma Viagem pela Vida (Almedina). Neste excerto, lembra um encontro com Salazar no Forte de Santo António da Barra, em 1967, um ano antes da célebre queda da cadeira que afastaria o ditador do poder.

No período final da sua existência, o meu pai passava muito tempo na Europa, sobretudo em Paris e em Lisboa. Em Portugal montou dois empreendimentos imobiliários, um turístico, no Algarve, o outro residencial, em Oeiras. A ele se devem os primeiros projectos no Alvor, que ficaram mais tarde na mão de Agostinho Silva, e vieram a integrar a Torralta. No alto de Oeiras lançou a construção do Parque Residencial Augusto de Castro, urbanização que ainda existe, e onde moravam alguns dos oficiais que fizeram o 25 de Abril. O Governo de Salazar criara um programa de financiamento bonificado para os militares que faziam comissões em África, a oferta residencial era escassa e muitos deles ali compraram apartamentos.