Miguel Oliveira consegue pontuar no GP do Japão de MotoGP

O piloto português é 16.º na geral, a três provas do fim da época.

,Grande Prêmio de motocicleta da República Tcheca
Foto
LUSA/DOMINIK ANGERER

Miguel Oliveira (KTM) somou neste domingo mais quatro pontos no Mundial de MotoGP ao terminar o Grande Prémio do Japão na 12.ª posição, numa prova ganha pelo espanhol Marc Márquez, que deu o título de construtores à Honda.

Oliveira, que saiu da 16.ª posição, chegou a estar no 18.º lugar mas recuperou seis posições, concluindo a 16.ª prova da temporada a 27,870 segundos do vencedor.

“Foi uma corrida em crescendo. Depois de um bom arranque não me consegui posicionar bem para poder ultrapassar e fui passado por alguns pilotos nas primeiras curvas. Depois consegui impor o meu ritmo e criar mais espaço para ultrapassar. Fiz a minha corrida em crescendo e terminei bastante forte, nos pontos, que era o objetivo depois de ter andado bem na Tailândia”, disse o piloto de Almada.

Miguel Oliveira recuperou da 18.ª posição em que passou na meta na primeira volta até ao 12.º posto final. Um resultado que deixa o piloto satisfeito, a pensar em melhores resultados nas três provas que faltam até final da época de estreia na classe rainha do Mundial de Velocidade.

“Nas três últimas corridas queremos terminar cada vez mais próximos do top10. A equipa está contente com o resultado mas queremos mais. Estamos no bom caminho. O meu corpo reagiu melhor do que eu esperava. Vamos trabalhar para melhorar ainda mais o resultado na Austrália”, concluiu Miguel Oliveira.

Com estes resultados, Marc Márquez, já campeão, somou a décima vitória da temporada, quarta consecutiva, e soma 350 pontos, contra os 33 de Oliveira, que iguala Andrea Iannone (Aprilia) no 16.º lugar.

A 17.ª ronda do Mundial de MotoGP disputa-se já no próximo domingo, no circuito de Philip Island.