Médico ecografista com 10 processos será ouvido terça-feira e deve ser suspenso pelo Conselho Disciplinar da Ordem

O presidente do Conselho Disciplinar do Sul da Ordem confirmou ao PÚBLICO que vai chamar o médico Artur Carvalho, responsável pelas ecografias do bebé que nasceu com malformações graves em Setúbal, para se explicar numa reunião marcada de urgência. O mais provável é que seja suspenso preventivamente.

Radio Nova
Foto
RG Rui Gaudencio

O médico obstetra Artur Carvalho, que fez as ecografias ao bebé que nasceu com malformações graves ao nível da face e do cérebro no Hospital de Setúbal, vai ser chamado a prestar esclarecimentos numa reunião de urgência que o Conselho Disciplinar (CD) da Zona Sul da Ordem dos Médicos marcou para terça-feira. Isto mesmo foi adiantado ao PÚBLICO pelo presidente daquele órgão, a quem compete decidir sobre os processos disciplinares. Uma hora antes, o bastonário da Ordem dos Médicos (OM) tinha feito o pedido numa conferência de imprensa: “Dada a potencial gravidade da situação, justifica-se a imediata inquirição do médico para determinar se se verificam pressupostos para suspensão preventiva.”