Tribunal de Contas Europeu audita a troca de dados fiscais dentro da UE

Auditores avaliam se as autoridades tributárias dos países europeus estão a usar “da melhor forma” os dados sobre as contas bancárias.

União Européia
Foto
França, Reino Unido e Alemanha são os três países com maior fluxo de troca automática com Portugal LUSA/STEPHANIE LECOCQ

Como estão as autoridades tributárias dos países da União Europeia (UE) a utilizar as informações fiscais que começaram a trocar entre si em larga escala nos últimos anos? A resposta será dada no próximo ano pelo Tribunal de Contas Europeu (TCE), que decidiu lançar uma auditoria para avaliar como está a funcionar todo o sistema de intercâmbio de dados entre os 28 parceiros da UE.