Os livros de Elif Shafak querem reumanizar quem foi desumanizado

A escritora turca está na Feira do Livro de Frankfurt a lançar o seu último romance 10 Minutes 38 Seconds in This Strange Land, que foi finalista ao Prémio Booker atribuído no início da semana. O seu olhar continua atento às mulheres e às minorias segregadas no país que em 2005 a acusou de traição à pátria.

,Autor
Foto
OLIVIER HESS

Elif Shafak estava muito intrigada com o que se passa na nossa mente nos minutos seguintes à morte, depois de o coração deixar de bater. A ciência diz-nos que depende de pessoa para pessoa, mas pode demorar dois, três ou até dez minutos até que ela pare completamente. A questão que quis colocar a si própria, como escritora, foi o que acontece durante aquele período de tempo.