PSD impugna decisão da CNE e pede revisão da lei eleitoral

Para os sociais-democratas, os votos por correspondência considerados nulos por falta de cópia do cartão de cidadão devem contar como abstenção. “Picuinhice”, diz o ministro dos Negócios Estrangeiros.

Foto
Enric Vives-Rubio

O PSD não se conforma que os votos por correspondência dos círculos da emigração que chegaram sem cópia do cartão de cidadão sejam considerados nulos e entregou nesta sexta-feira uma reclamação junto do Tribunal Constitucional (TC), a pedir a revisão dos resultados das legislativas de dia 6 nos círculos eleitorais da emigração. Com esta reclamação, a que o TC terá de responder até ao início da manhã de quarta-feira, fica suspensa a publicação dos resultados eleitorais e consequentemente a instalação da nova Assembleia da República e tomada de posse do Governo.