Karl Ove Knausgård, o escritor que criou o seu próprio céu e o seu próprio inferno

Dez anos depois de ter publicado o primeiro volume de A Minha Luta, o autor parece feliz com a sua nova vida. Tem sido o centro das atenções na Feira do Livro de Frankfurt onde afinal não se sente tão desprotegido como quando escreve.

Foto
Thomas Lohnes/Getty Images

A aliança, naquela mão enorme que segura o microfone, vê-se à distância. Pertence ao escritor norueguês Karl Ove Knausgård. Está a ser entrevistado na Feira do Livro de Frankfurt, que este ano tem a Noruega como país-tema, pelo director Juergen Boos, seu fã confesso.