Rui Rio gere silêncio e pode atirar conselho nacional para Novembro

Na decisão de se recandidatar ao cargo, o líder do PSD está a ponderar questões políticas e pessoais

Carro
Foto
Rui Gaudencio

Rui Rio parece apostado em manter o tabu da sua decisão sobre se recandidata a líder do PSD, o que está a ser visto como um condicionamento do partido. O líder social-democrata tem também nas suas mãos o calendário interno. O conselho nacional para analisar os resultados eleitorais poderá ser apenas em Novembro. Até lá, Rio assume o seu lugar de deputado e será o interlocutor do primeiro-ministro no Parlamento.