,Irmãos Safdie

It’s up to you, New York

A rentrée nos EUA faz-se com o New York Film Festival, uma mostra que concluiu a sua 57.ª edição, no prestigiante Lincoln Center. Mostrou as estreias dos maiores festivais europeus, o último Scorsese, novo dos irmãos Safdie, e outros eventos de uma distribuição cinematográfica a entrar em território desconhecido.

O calor do Verão começa a desvanecer e as folhas das árvores, no início do Outono, começam a ganhar cores Technicolor: seria este o tom da rentrée de Nova Iorque se não estivéssemos no século XXI e a meteorologia não obedecesse à arbitrariedade das alterações climáticas. Na verdade, o Outono nova-iorquino ainda se vive sob o calor húmido do Verão e o ar condicionado das salas de cinema ainda se vê indeciso quanto à temperatura que deve criar entre os espectadores. Independentemente de tudo isto, há coisas que nunca mudam em Nova Iorque e que formam uma parte integrante do charme brutal e clássico de Manhattan. Uma delas, o New York Film Festival, vive numa das zonas mais clássicas e reconhecidas da cidade: o Upper West Side, património do cinema de Woody Allen (realizador cujo mais recente Um Dia de Chuva em Nova Iorque não será exibido no país), com ruas ignoradas por turistas que circulam os calções, panças e telemóveis do outro lado do Central Park, no luxuoso Upper East, dividindo espaço com minúsculos espécimenes caninos e vítimas de extraordinárias cirurgias plásticas antes de descerem a 5.ª Avenida para ver a torre com o apelido do mais recente alvo de processo de impeachment da história política dos Estados Unidos.