GNR detém 66 pessoas e regista 584 infrações rodoviárias

A maioria das detenções foram justificadas pela condução sob efeito do álcool.

Foto
A GNR apreendeu ainda nove doses de cocaína Hugo Santos

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve, entre as 20h de sábado e as 8h de hoje, 66 pessoas em flagrante delito, a maioria por condução sob efeito do álcool, e registou 584 infracções no trânsito, foi anunciado.

“A Guarda Nacional Republicana, para além da sua actividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, que visam a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras”, indicou, em comunicado, a GNR.

Neste âmbito, a GNR deteve 66 pessoas em flagrante delito, destacando-se 56 por condução sob o efeito do álcool, cinco por condução sem carta e um por posse de arma proibida.

Por outro lado, apreendeu nove doses de cocaína e uma moca.

No âmbito da fiscalização do trânsito, registaram-se 584 infracções, destacando-se 175 por excesso de velocidade, 119 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 58 por falta de inspecção periódica obrigatória, 21 por falta de seguro de responsabilidade civil, 19 por infracções relacionadas com tacógrafos, 18 por falta ou incorrecta utilização do cinto de segurança, 14 por uso indevido do telemóvel e sete infracções relacionadas com iluminação e sinalização.

Adicionalmente, a GNR registou, no período em causa, 69 acidentes, que resultaram, pelo menos, em seis feridos graves e 16 feridos ligeiros.