Ritmo do crescimento das exportações caiu para metade

Vendas ao estrangeiro ainda crescem, mas ao ritmo mais baixo desde 2016. Na indústria transformadora ninguém esconde a apreensão com a inversão do ciclo.

Foto
Infografia de José Alves

Quatro dos maiores sectores de exportação mandaram apertar o cinto de segurança. Os números do Instituto Nacional de Estatística sobre o comércio internacional de bens mostram que as vendas ao exterior da metalurgia/metalomecânica, do agro-alimentar, do têxtil/vestuário e do calçado estão a inclinar para o pior lado.