Camisolas verdes, emprestadas e de contrafacção

Pela segunda vez na história, a selecção de Itália vai usar uma camisola verde. Não sendo um imprevisto, é só mais um caso de dificuldades de guarda-roupa no futebol.

Foto
João Vaz de Carvalho

O Estádio Olímpico de Roma será esta noite palco de uma raridade: apenas pela segunda vez na história, a equipa nacional italiana, carinhosamente conhecida como “squadra azzurra”, subirá ao relvado vestida de... verde. A partida contra a Grécia, de qualificação para o Euro 2020, servirá para estrear uma camisola criada com o objectivo de assinalar o renascimento da selecção e homenagear os novos talentos italianos. Mas a ideia do fabricante dividiu opiniões, com o próprio seleccionador a admitir uma preferência pelo azul.