Crianças até aos seis anos comem quatro vezes mais proteína do que deviam

Cerca de 60% da ingestão de proteínas provém do consumo de carnes e lacticínios. Crianças portuguesas comem poucos legumes, muito sal e demasiado açúcar. Direcção-Geral da Saúde lança campanha.

Foto
evr Enric Vives-Rubio

As crianças portuguesas entre 1 e 6 anos de idade comem quatro vezes mais proteína do que o recomendado. Esta é uma das mensagens que fazem parte da campanha que a Direcção-Geral da Saúde (DGS) lança nas redes sociais esta sexta-feira, Dia Mundial da Obesidade, que alerta para os erros alimentares dos mais novos. De acordo com os últimos dados do estudo European Childhood Obesity Surveillance Initiative (COSI), uma em cada três crianças em Portugal tem excesso de peso.