Espinho volta a entrar na Rota de Restaurantes Sem Espinhas

Durante dez dias, a cidade celebra a gastronomia do mar, com o peixe e o marisco no centro das atenções. De 18 a 27 de Outubro.

Fotogaleria
A caldeirada do Marreta em preparação DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
Fotogaleria
Churrasco
Fotogaleria
No Maragato
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
No Zagalo
Fotogaleria
Fotogaleria

Lulas grelhadas, sardinha assada e frita, petinga à espanhola, caldeirada de peixe, robalo e dourada na brasa, raia à vareira, creme de camarão, bola de mexilhão, sopa de peixe, arroz de percebes, filetes de polvo, cataplana, arroz de marisco, lulinhas ao alho… Entre 18 e 27 de Outubro, o peixe e o marisco voltam a estar em destaque nos 17 estabelecimentos trazidos à rede pela segunda Rota de Restaurantes Sem Espinhas. 

São eles: A Fidalguinha, Aquário Marisqueira de Espinho, Avenida 8, BaíaSol, Casa Américo, Casa da Mãe Joana, O Pescador, Casa Papagaio, Casa S. Pedro, Espinho 10, Maragato, Marreta, Ondamar, Os Melinhos, O Quim da Granja, Tasca da Maria e Zagalo.

Além da degustação, os comensais habilitam-se a ganhar um jantar com espectáculo no Casino de Espinho.

E se os sabores do mar inspiram as ementas, é com a memória gastronómica da terra que se faz o tempero, para que a tradição não se perca. É esse o principal objectivo da iniciativa organizada pela Câmara Municipal, que teve a sua estreia em Março passado e assenta na promoção e valorização dos produtos locais, em quatro momentos: a Rota de Restaurantes, fóruns, almoços na rua e mini-documentários que registam o património cultural.

O site oficial do Sem Espinhas inclui mais informação e mapa da rota.