Avalon/PYMCA/Gonzales Photo/Flemming Bo Jense/Universal Images Group via Getty Images

Num big-bang de desespero,
Nick Cave encontrou uma luz

Ghosteen seria o final de uma trilogia iniciada há seis anos. É impossível, porém, vê-lo apenas dessa forma. Tão triste quanto caloroso, é o primeiro criado de raiz por Cave após a morte do filho Arthur. É aquele em que o “pregador transtornado” de outrora se transforma definitivamente.

As calças justas prateadas rasgam-se durante a primeira canção. Na terceira do alinhamento, Nick Cave salta para a plateia e começa a arrastar as calças rasgadas entre o público. Avista uma vítima a passa à acção. Enrola o cabo do microfone à volta do pescoço de uma mulher e grita-lhe aos ouvidos: “Express yourself!”. Acto contínuo, a equipa do The Underground, em Nova Iorque, obriga a banda a terminar o concerto. Tinham sido tocadas três canções, o público reduzira-se a dez espectadores. Assim acabava, dia 23 de Setembro de 1981, a primeira actuação de Nick Cave, então vocalista dos Birthday Party, em território americano.