Portugal é o 3º melhor destino do mundo para os leitores da Condé Nast Traveler

Mais de meio milhão de leitores votaram para os prémios anuais da influente revista de viagens. Em 2018, Portugal era 18.º.

Foto
A Comporta e arredores têm estado em destaque em várias publicações dos EUA Paulo Pimenta

É uma das revistas de viagens que marcam tendências no mundo, somando milhões de leitores online e nas várias edições em papel pelo mundo. A edição de Novembro é dedicada aos prémios anuais decididos pelos leitores e, no top 20 dos países, Portugal subiu 15 posições em relação a 2018.

Na votação, em que participaram mais de 600 mil leitores, segundo a companhia, o destino preferido (e desejado) do ano é a Indonésia. Segue-se a Tailândia e, logo a seguir Portugal. No Top 20 Countries in the World: Readers’ Choice Awards 2019, apenas surgem mais dois destinos europeus: Grécia (7.º) e Itália (9.º). 

PÚBLICO -
Foto

Em 2018, Portugal tinha ficado em 18.º lugar e a Itália era o país mais votado, logo seguido pela Grécia. Também o ano passado, Lisboa surgia em 10.º lugar no top mundial das cidades; este ano, não figura nas listas publicadas até agora pela Condé Nast, que, nesta categoria, surgem desta feita divididas em dois top 10 (grandes, com liderança de Sydney, e pequenas, com a mexicana Mérida em n.º1).

Portugal surge ainda em destaque no top global dos spas, com o Six Senses Douro Valley em 13.º e o algarvio Vila Vita Parc a conseguir o 3.º lugar.

Há três décadas que a revista publica as votações dos melhores do ano e dos que marcarão as tendências para o ano seguinte. Este ano, votaram cerca de “600 mil leitores registados”, não só na escolha dos países, mas também dos melhores hotéis, cidades, ilhas, cruzeiros ou spas à volta do mundo.

Entre as análises aos votos, um dado curioso face a anos anteriores, um provável reflexo de uma maior variedade de formas de votar exclusivamente online: “a idade média” dos leitores que participaram desceu dos “sessentas para os trintas”.

Os resultados estão disponíveis aqui