A professora catedrática Manuela Silva
A professora catedrática Manuela Silva ENRIC VIVES-RUBIO
1932-2019

Manuela Silva, a economista que “se entregou até ao fim” à luta pela justiça social

Em 1986, juntamente com Alfredo Bruto da Costa, a economista realizou o primeiro grande estudo sobre a pobreza em Portugal. Morreu nesta terça-feira aos 87 anos.

Dedicou a sua vida e carreira às causas da justiça social e defendia que a pobreza é uma violação dos direitos humanos. Manuela Silva, professora catedrática do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) que foi secretária de Estado para o Planeamento no I Governo constitucional, morreu nesta segunda-feira aos 87 anos. Ficará na história como pioneira no estudo da desigualdade e pobreza em Portugal.