Savoy Palace, uma onda de vidro a enfrentar o mar

Dez anos depois de ter fechado portas, com uma demolição pelo meio, o Savoy reabriu com Palace no nome. São 352 quartos na Avenida do Infante, no Funchal, em formato de onda voltada para o mar.

,Hotel
Fotogaleria
DR
,Hotel
Fotogaleria
DR
,Hotel
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
,Hotel
Fotogaleria
DR
,Hotel
Fotogaleria
DR
,Hotel
Fotogaleria
DR
,Hotel
Fotogaleria
DR
,Hotel
Fotogaleria
DR
,Hotel
Fotogaleria
DR
,Hotel
Fotogaleria
DR

Assim que a porta da suíte se abre, ao som da chave electrónica, os olhos precisam de uns segundos para se habituarem à escuridão. Só quando se pousa o cartão no suporte se faz luz e se ouve, ao fundo, o estore eléctrico a correr, da direita para a esquerda, revelando a vista do 12.º andar: mar, só. Da sala de estar passa-se para o quarto, cama king size, acesso à varanda que acompanha a suíte do novo hotel Savoy, na Madeira. Ali estão as ilhas Desertas, o terminal de passageiros do porto do Funchal, os outros hotéis do grupo, uma grua teimosa e uma piscina rodeada de palmeiras, à sombra das quais descansam espreguiçadeiras — minúsculas, deste andar do recém-aberto Savoy Palace.