Entrevista

Alimentação “equilibrada e boa para o planeta” é possível e pode ter carne

Mais impactos nas produções agrícolas, menos qualidade de água (e mais doenças), menos condições para que os animais marinhos vivam de forma saudável e menos qualidade do que se come – é este o cenário futuro traçado pelo vice-presidente do IPCC no que diz respeito a segurança alimentar, o que será “um verdadeiro desafio nos anos vindouros”.

Universidade Nacional Australiana
Foto
, DR

As alterações climáticas têm impacto não só na temperatura do planeta e na perda de biodiversidade, mas também na alimentação e na produção agrícola – podendo ter consequências graves para a saúde. Ainda que o relatório apresentado na semana passada pelo Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas (IPCC) se tenha focado nos oceanos e na criosfera, há também partes dedicadas à segurança alimentar.