Uma estreia e quatro regressos nos convocados da selecção nacional

Em caso de vitória nos dois jogos, e se a Sérvia não vencer na Lituânia, Portugal garante, de imediato, um lugar na fase final do próximo Europeu.

,Seleção nacional de futebol de Portugal
Foto
Fernando Santos na conferência de imprensa de divulgação dos convocados. LUSA/RODRIGO ANTUNES

Rúben Semedo é a grande novidade nos convocados da selecção portuguesa para os jogos frente a Luxemburgo e Ucrânia, de qualificação para o Euro2020. Já Ricardo Pereira, João Mário, Bruma e André Silva regressaram às opções do seleccionador, depois de terem sido preteridos na última convocatória.

As cinco novidades operadas por Fernando Santos significam, relativamente ao último jogo de Portugal, a saída de João Cancelo, Daniel Carriço, Renato Sanches, Podence e Diogo Jota.

O defesa Pepe também integra os eleitos do seleccionador Fernando Santos, depois ter sido dispensado devido a lesão na dupla jornada anterior - na qual a selecção campeã europeia venceu na Sérvia (4-2) e na Lituânia (5-1) -, assumindo o lugar de Ferro.

Mais uma vez com o capitão Cristiano Ronaldo entre os eleitos, a selecção portuguesa recebe o Luxemburgo a 11 de Outubro, no Estádio de Alvalade, em Lisboa, e, três dias depois, desloca-se a Kiev para defrontar a Ucrânia, líder destacada do grupo B, com 13 pontos, mais cinco do que a equipa lusa. Portugal ocupa o segundo lugar, com oito pontos, à frente da Sérvia (sete), Luxemburgo (quatro) e da lanterna-vermelha Lituânia (um), mas tem menos um jogo disputado do que todas as outras selecções do Grupo.

Em caso de vitória nos dois jogos, e se a Sérvia não vencer na Lituânia, Portugal garante de imediato um lugar na fase final do próximo Europeu.

Lista de convocados:

- Guarda-redes: Beto (Goztepe), José Sá (Olympiacos) e Rui Patrício (Wolverhampton).
- Defesas: José Fonte (Lille), Mário Rui (Nápoles), Nelson Semedo (FC Barcelona), Raphaël Guerreiro (Borussia Dortmund), Rúben Dias (Benfica), Ricardo Pereira (Leicester), Pepe (FC Porto) e Rúben Semedo (Olympiacos).
- Médios: Bruno Fernandes (Sporting), Danilo Pereira (FC Porto), João Moutinho (Wolverhampton), Pizzi (Benfica), Rúben Neves (Wolverhampton), William Carvalho (Betis) e João Mário (Lokomotiv).
- Avançados: Bernardo Silva (Manchester City), Bruma (PSV), Gonçalo Guedes (Valência), Rafa (Benfica), João Félix (Atlético de Madrid), André Silva (Eintracht Frankfurt) e Cristiano Ronaldo (Juventus).