A meditação segundo Slow J

João Coelho é o responsável por mais um belo disco, o seu segundo para guardar na estante da mais relevante música popular portuguesa dos últimos anos.

Foto
Um dos mais sérios fenómenos da música portuguesa dos últimos anos, com uma fulminante aclamação Rui Gaudêncio

Lançado da noite para o dia sem avisar a populaça, o mais recente trabalho de Slow J perde em número de faixas o que ganha, precisamente, em coesão e maturidade, evitando a dispersão algo fútil em que The Art of Slowing Down incorria.

Sugerir correcção
Comentar