Árbitro italiano suspenso por alegado assédio a apanha-bolas e incentivos a Pedro Sousa

Incidentes a envolverem Gianluca Moscarella levaram a Associação de Tenistas Profissionais a actuar.

Foto
DR

O árbitro italiano Gianluca Moscarella foi suspenso por alegado assédio a uma apanha-bolas, durante um encontro do torneio challenger de Florença em que também terá incentivado um dos jogadores, no caso o português Pedro Sousa.

“Estamos a par dos diversos incidentes que envolvem o árbitro Gianluca Moscarrela. Foi retirado do torneio em que estava e está provisoriamente suspenso pelo ATP [Associação de Tenistas Profissionais], enquanto estiver a decorrer investigação”, lê-se num comunicado do organismo.

Em encontro dos 16 avos-de-final, em que Pedrou Sousa venceu o italiano Enrico Dalla-Valle em três sets (7-5, 4-6 e 6-4), Moscarella foi “apanhado” pelos microfones a falar com uma apanha-bolas e com Pedro Sousa, numa altura em que o seu adversário estava nos balneários.

“És fantástica, muito sensual. Estás bem? Tens calor? Fisicamente ou emocionalmente”, terá dito o juiz italiano a uma das apanha-bolas na prova italiana.

Mais tarde, com Dalla Vale ainda ausente, Moscarella terá incentivado Pedro Sousa e pedido ao português para se manter concentrado. “Vamos Pedro. Coragem, continua. Concentra-te. Dois minutos e isto acabou-se. Mantém a concentração, por favor. São partidas que podias vencer por 6-1 e 6-1”, terá afirmado Moscarella, que é árbitro do circuito ATP desde 2010.