A história de uma quinta na Madeira contada por Lourdes Castro

Na Fundação Carmona e Costa, em Lisboa, uma exposição mostra a partir desta terça-feira um grande núcleo de obras inéditas de Lourdes Castro e Manuel Zimbro. Todas elas têm por tema a vida do casal na Quinta do Monte.

Fotogaleria
O principal núcleo de obras em Quinta do Monte 1983-1988 é o conjunto de páginas retirado do álbum sobre a quinta, onde Lourdes Castro viveu com o marido, o também artista Manuel Zimbro, antes de se mudarem para a casa do Caniço
Fotogaleria
Percebemos, pela observação atenta das peças que o curador Paulo Pires do Vale seleccionou, que a fixação da sombra, tão característica da sua obra nas décadas de 60 e 70, já não é aquilo que mais interessa a Lourdes Castro nesta exposição
Fotogaleria

Há muitas maneiras de se contar uma história. A de Lourdes Castro não passa obrigatoriamente pelo suporte do livro, mas inclui decerto, sempre, a possibilidade de registar diferentes pontos de vista sobre um mesmo assunto. É o que se passa em Quinta do Monte 1983-1988, uma grande individual com curadoria de Paulo Pires do Vale que abre esta terça-feira nas instalações da Fundação Carmona e Costa, em Lisboa, e ali fica até 9 de Novembro.