Democratas perderam a paciência, mas isso não chega para afastar Trump

Democratas podem começar o processo de impeachment contra Donald Trump, mas falta-lhes o apoio de senadores republicanos para conseguir a destituição.

Foto
Donald Trump: os partidários do Presidente dizem que este não ofereceu nada ao Presidente ucraniano em troca de uma investigação a Biden Jonathan Ernst/REUTERS

Há meses que a ala mais à esquerda do Partido Democrata exigia a abertura de um processo de destituição contra o Presidente norte-americano, Donald Trump. Mas a líder da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, foi resistindo a essa ideia, com receio de que o passado viesse assombrá-la e dar-lhe razão, e que o futuro deitasse abaixo tudo o que ela ajudou a construir há quase um ano. Em 1998, quando o Partido Republicano tentou afastar o Presidente Bill Clinton da Casa Branca, foi o Partido Democrata que acabou por ganhar com isso nas eleições; e a actual maioria democrata na Câmara dos Representantes, que Pelosi quer manter nas eleições do próximo ano, foi conquistada em Novembro com vitórias em distritos onde é preciso cautela antes de hostilizar Trump.