No Ponto: pastel de feijão, Torres Novas

Um pastel com receita simples mas que exige sabedoria. A doceira Helena Inácio trata do assunto na perfeição.

Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria

Na chamada zona Oeste, o pastel de feijão é rei. São particularmente famosos os pastéis de Torres Vedras, por isso fomos à procura de outros menos conhecidos, mas igualmente merecedores da nossa atenção. Assim, descobrimos em Torres Novas, mais para norte, uns pastéis de feijão e uma doceira, Helena Inácio, que vale a pena conhecer.

Além de bolos secos, biscoitos e broinhas, começou a confeccionar há quase 20 anos os seus pastéis, que foi aprimorando. Por sorte, o saudoso chef Silva chegou a passar pelo seu espaço de produção e provou o doce. Segundo conta Helena, assegurou-lhe que não devia mexer mais na receita; o pastel estava aprovado.

Contém quatro ingredientes essenciais: feijão branco, gemas de ovo, açúcar e amêndoa. É simples, mas requer algum saber. Quem gosta de pastéis de feijão, deve colocar este na lista.

A Doçaria Portuguesa

Cristina Castro criou o projecto No Ponto para registar e dar a conhecer os doces do país. Tem vindo a publicar a colecção A Doçaria Portuguesa, “os mais completos livros sobre a história e actualidade dos doces de Portugal”. A investigação para este trabalho levou a autora a viajar por todos os concelhos em busca de especialidades doceiras. A partir da oportunidade de ver como se faz, de falar com quem produz, de conhecer vidas, histórias e tradições associadas à doçaria, surgiram os vídeos que desvendam um pouco de cada doce. Regularmente, a Fugas revela um vídeo novo sobre um doce diferente.