Opinião

Taxas de juro de curto prazo nos EUA a 10%?

A subida nas taxas de juro de mercado indicia que os grandes bancos americanos e, possivelmente, também bancos estrangeiros com excesso de reservas preferiram não emprestar o suficiente aos bancos com falta de dólares, mesmo recebendo garantias (colateral), levando a uma subida abrupta das taxas de juro “overnight”.

Na terça-feira, 17 de Setembro, a taxa de juro de curto prazo de referência para a política monetária dos EUA (Effective Federal Funds Rate ou EFFR), i.e., a taxa de juro a que os bancos emprestam fundos e notas da Reserva Federal de um dia para o seguinte (“overnight”) subiu acima do intervalo definido pela Reserva Federal, tendo a taxa de juro para alguns empréstimos interbancários atingido 10%.