Roménia, Hungria e Eslováquia castigados com jogos à “porta fechada”

“Comportamentos racistas dos adeptos” determinaram a decisão da UEFA.

,2018-19 Primeira Liga Tcheca
Foto
Reuters/Bernadett Szabo

As selecções de futebol da Roménia, da Hungria e da Eslováquia vão disputar os próximos jogos de qualificação para o Euro 2020 à porta fechada, devido a “comportamentos racistas dos adeptos”.

As decisões do Comité de Controlo e Disciplina foram divulgadas pela UEFA, impondo que os jogos entre Roménia e Noruega, em Bucareste, Eslováquia e País de Gales, em Trnava, e Hungria e Azerbaijão, em Budapeste, se realizem sem a presença de público.

Para a Roménia, que recebe a Noruega a 15 de Outubro, a penalização é de dois jogos, mas apenas terá de cumprir o segundo se cometer nova infracção num período de um ano. Foi ainda multada em 83 mil euros. A Hungria terá também que pagar 67.125 euros e a Eslováquia 20.000 euros.

Nos castigos, a UEFA especificou que nos jogos de Hungria e Eslováquia o comportamento racista aconteceu com cânticos dos adeptos, enquanto que a Roménia teve não apenas cânticos, mas também tarjas ofensivas.