Alunos portugueses têm menos dias de aulas, mas passam mais horas na escola. É preciso mudar?

Encolher as férias escolares é uma possível resposta aos problemas identificados nos relatórios Eurydice e Education at a Glance: os alunos portugueses são dos que passam menos dias na escola mas têm das cargas horárias mais pesadas entre os vários países europeus.

Foto
Alunos portugueses têm apenas entre 161 e 173 dias de aulas por ano Daniel Rocha (arquivo)

Os alunos portugueses são, logo a seguir aos da Flandres, na Bélgica, os que menos dias por ano passam na escola a nível europeu. O último relatório da rede Eurydice faz as contas e conclui que as crianças portuguesas têm apenas entre 161 e 173 dias de aulas por ano (consoante os níveis e dependendo se o ano lectivo arranca a 10 ou a 13 de Setembro), contra os 190 dias da Noruega e os 200 dias da Dinamarca. Mas os alunos portugueses do 1º ciclo são, ao mesmo tempo, e como demonstra o relatório Education at a Glance 2019, os que somam mais horas de aulas ao longo dos quatro anos: 5460 horas contra as 4258 da média europeia. Dá perto de 1200 horas a mais.