Fotogaleria

Um palco vazio ocupado pela coreografia do Uganda

Fotogaleria

Num palco vazio dois corpos exploram o espaço que acabam de ocupar com uma coreografia feita de movimentos entre a dança contemporânea europeia e a dança tradicional africana. Servem as silhuetas dos dois intervenientes de guia para uma acção desenhada para ser magnética. Esta narrativa é construída por dois bailarinos para o espectáculo de dança Empty the Space, do colectivo Kuenda Productions, do Uganda, em estreia nacional, nesta quinta-feira, no Teatro Carlos Alberto, no âmbito do festival Mexe 2019.

Sugerir correcção