Há uma nova Casa Guedes no Porto. Mas a tradição mantém-se

É todo um edifício e inclui duas esplanadas, a dois passos da tasca original. Entre cocktails e novidades, não falta a famosa sandes de pernil e outros clássicos.

Fotogaleria
A sandes de pernil não podia faltar Nelson Garrido
Café
Fotogaleria
Casa Guedes Nelson Garrido
Fotogaleria
Casa Guedes Nelson Garrido
Licor
Fotogaleria
Casa Guedes Nelson Garrido

A Casa Guedes, conhecida por ter a sandes de pernil mais famosa do Porto, inaugurou o seu novo espaço esta semana. Localiza-se perto da morada original, na Praça dos Poveiros, e, num edifício em três andares, tem capacidade para sentar à mesa cerca de 200 pessoas, quase três vezes mais do que a casa original.

César e Manuel Correia, que gerem esta casa há mais de 30 anos, “sempre quiseram expandir a marca”. A par disso, Vinícius Fraga e Leonardo Bevilacqua – que vivem no Porto há dois anos – andavam à procura de uma oportunidade de negócio. Assim, em Junho do presente ano nasceu esta parceria que concluiu as obras que os proprietários já tinham iniciado em 2015.

Fraga, Bevilacqua e ainda António Rodrigues são os novos sócios da Casa Guedes, além de proprietários de 18 restaurantes no Rio de Janeiro, pertencentes ao grupo Boteco Belmonte.

PÚBLICO -
Nelson Garrido
PÚBLICO -
Nelson Garrido
Fotogaleria
Nelson Garrido

“Nós temos dois desafios: aumentar a produtividade e manter a tradição, mas manter a tradição é o mais importante”, adianta à Fugas o novo sócio Vinícius Fraga. Questionado sobre a casa original, uma das tascas imperdíveis da cidade, garante que “vai continuar intacto, à excepção de uma extensão que será realizada já no próximo mês no sentido de disponibilizar aos clientes uma área interior com mesas”, isto porque neste momento apenas possui lugar para 70 pessoas sentadas, numa esplanada e três mesas, a par do balcão, no seu interior.

A tradicional sandes de pernil (3,50€) ou a mesma com queijo de ovelha (4,50€) continuam no cardápio, mas há novidades, como, por exemplo, uma sandes de pernil com abacaxi (4,50€). Questionado sobre este novo conceito, Vinícius confessou à Fugas que “o abacaxi tem sido óptimo mas a sandes de pernil com queijo é imbatível”. O mesmo nos foi dito, e até reforçado, por um cliente que estava a sair do restaurante: “Abacaxi? Não há cá misturas! Para mim a tradicional é a tradicional, a com queijinho.”

PÚBLICO -
Foto
A nova casa tem duas esplanadas Nelson Garrido

Outra das novidades é a inclusão de uma carta onde se incluem cocktails de autor, desenvolvidos pelo barman do grupo de restaurantes dos novos sócios brasileiros; e também pratos, dos quais Vinícius Fraga salienta a francesinha à Guedes, feita com pernil e pão bijú.

PÚBLICO - A francesinha à Guedes
A francesinha à Guedes Nelson Garrido
PÚBLICO - Agora há cocktails de autor
Agora há cocktails de autor Nelson Garrido
Fotogaleria
Nelson Garrido

A nova Casa Guedes abre todos os dias, sempre às 12h. Durante a semana pode visitar o espaço até à meia-noite, à sexta e sábado até às 2h; ao domingo fecha portas um pouco mais cedo, às 23h.

Texto editado por Luís J. Santos

Sugerir correcção