Duas pessoas morrem em queda de avioneta da Força Aérea espanhola

Segundo fontes militares, a avioneta levava a bordo duas pessoas: um instrutor e uma aluna. É a segunda queda de uma aeronave militar espanhola em menos de um mês.

,Aeroporto
Foto
Aeroporto de Murcia-San-Javier, perto do local do acidente WIKICOMMONS

Uma aeronave da Força Aérea espanhola caiu ao mar nesta quarta-feira perto da localidade de San Javier (pertencente a Múrcia) e provocou a morte a dois militares: um instrutor e a sua aluna, avança o jornal El Mundo. O avião caiu no Mar Menor – na região, há o aeroporto de Múrcia-San Javier – e as equipas de socorro foram chamadas para o local. 

O serviço de emergência da região de Múrcia alertou às 12h (11h em Portugal) que tinha recebido “uma dezena de chamadas” a dar conta do sucedido. 

Um problema no motor estará na origem do acidente, segundo o Ministério da Defesa espanhol. Este era o primeiro voo da avioneta depois de ter sido submetida a uma revisão.

Segundo o El País, trata-se de uma avioneta Tamiz da Academia General del Aire.

A 26 de Agosto, morreu na mesma zona um comandante da Força Aérea Espanhola depois de o avião que pilotava (um caça C-101) ter caído ao mar Mediterrâneo.