Proposta negocial do próximo quadro financeiro acentua cortes nas pastas de Elisa Ferreira

Rascunho negocial avançado pela presidência finlandesa do Conselho da UE diminui montante global do próximo quadro financeiro plurianual e foca cortes nas áreas que vão ficar sob a tutela da comissária Elisa Ferreira, nomeadamente as políticas de coesão e as reformas estruturais.

Elisa Ferreira
Foto
JOSÉ SENA GOULÃO

O trabalho da futura comissária europeia para a Coesão e as Reformas, Elisa Ferreira, ficará seriamente comprometido se uma “proposta de compromisso” que está a servir de base às negociações do próximo quadro financeiro plurianual entre os 27 Estados membros da União Europeia vier a ser adoptada no próximo Conselho Europeu de Outubro.