Quem quer a faca de Anthony Bourdain?

Um ano após a morte do chef, alguns dos seus pertences vão estar à venda online. Os lucros revertem para a família e para o Culinary Institute of America.

Anthony Bourdain
Foto

Peças de vestuário, pintura, móveis, livros, discos, vários textos manuscritos e uma faca personalizada Bob Kramer (oferecida a Bourdain em 2016) avaliada em seis mil dólares (cerca de 5400 euros). Os pertences deixados por Anthony Bourdain, chef e estrela de televisão que morreu em Junho de 2018, serão vendidos em Outubro num leilão online.

A leiloeira Lark Mason Associates estima que os 215 lotes tenham um valor de mercado entre os 200 mil e os 400 mil dólares (entre os 180 mil e os 360 mil euros), sendo que 60% dos lucros do leilão serão entregues à esposa de Bourdain, Ottavia Busia, e à filha Ariane. O restante será doado a uma nova bolsa de estudos para o Culinary Institute of America criada em nome do cozinheiro.

Entre os objectos que vão a leilão muitas apresentadas em Parts Unknow – estão as obras do ilustrador galês Ralph Steadman e do pintor John Lurie (adquirida pouco mais de uma semana antes da sua morte).

PÚBLICO -
PÚBLICO -
PÚBLICO -
Fotogaleria

Apesar das longas viagens durante as gravações de programas como No Reservations (tendo passado pelos Açores e onde Lisboa foi uma das cidades em destaque) e, mais tarde, Parts Unknown (programa em que destacou o Porto), Bourdain não terá acumulado muitas lembranças. Segundo Laurie Woolever, sua assistente pessoal de longa data, ao longo dos anos Bourdain tornou-se selectivo sobre o que escolheu guardar entre as muitas lembranças e presentes que recebia nos lugares por onde passava.

Entre os objectos está um casaco da Marinha dos EUA, recebido por Bourdain no Verão de 2006 depois de deixar Beirute no meio do conflito Israel-Libano.

O leilão estará on-line de 9 a 30 de Outubro.

Sugerir correcção