Indecisos aumentam à beira de eleições

A sondagem da Pitagórica para o JN e TSF avalia o número de indecisos para as eleições legislativas de Outubro.

Foto
Indecisos estão a crescer Paulo Pimenta

O valor tem vindo a oscilar de mês para mês, mas nunca foi tão alto. A mais recente sondagem da Pitagórica para o Jornal de Notícias e para a TSF aponta para uma percentagem de indecisos de 28,4.

O número apresentado para os eleitores que ainda não decidiram em que partido vão votar é o mais alto desde Abril, quando os indecisos se situavam nos 21,3%, de acordo com as sondagens desta empresa depositadas na Entidade Reguladora para a Comunicação.

Em Maio, registava-se o número mais baixo dos últimos meses, com 16,7% de indecisos. Em Junho, eram 23,5% e em Agosto 19,5%. Assim, o valor de Setembro, que ultrapassa os 28%, apresenta uma subida de 8,8 pontos percentuais em relação à pesquisa anterior e mostra que o valor mais alto é atingido a menos de um mês das eleições.

Este dado da sondagem da Pitagórica, a única que o disponibiliza, surge no dia do último frente-a-frente entre dois líderes partidários: Rui Rio e António Costa debatem esta segunda-feira em canal aberto, com emissão simultânea na SIC, TVI e RTP. O estudo de opinião mostra que há uma queda dos socialistas de 43,6 para 39,2%, e uma recuperação dos sociais-democratas (de 20,4 para 23,3%), apesar de se manterem a 16 pontos de distância. O Bloco e o PAN mantêm-se nos 10 e nos 3,2%, respectivamente, a CDU sobe de 6,6 para 7,7% e o CDS cresce de 4,9% para 5,6%. A Aliança e o Livre obtêm 1.5 e 0,9% das intenções de voto.